20 de nov de 2010

Consciência.


Há dias fiz uma postagem sobre um fato real:"Menina Bonita Sem Laço de Fita".Fiquei surpresa com a repercussão causada.
Foi o post com mais comentários que já tive aqui no blog.
Quero então neste "Dia da Consciência Negra",registrar a opinião de meus amigos de outros blogs espalhados no Brasil todo.
A alegria é que percebo depoimentos sinceros vindos de amigos de todas as cores e raças:



Oi Marisa! Existem situações que nos fazem pensar muito. Quando visitei seu blog pela primeira vez foi essa postagem que estava publicada. Eu não sou muito boa em expressar sentimentos que me doem... me calo! Não sai nada... mesmo que eu queira! Meu marido é negro, eu sou branca, e nossos filhos(4) vieram todos mulatos. Já fui denominada de empregada por professoras e por outras pessoas pela diferença da cor da pele. Quando saimos todos juntos... vejo os olhares das pessoas não sei se admiradas ou decepcionadas em verem uma família como a minha! Enfim... não consigo mesmo entender como existem pessoas que ainda definem as outras pela cor da pele e por outros padrões. Como se amor, respeito, amizade, verdade, saúde, fé, dignidade e paz também tivessem cor para se escolher ou definir. 

[Tati_perfil.jpg]
Tati Pastorello
http://www.perguntasemresposta.com/
Saí pensando, um tanto doída de imaginar esta realidade, que é bem diferente da que eu tive a sorte de experimentar. Deve ser difícil não se enxergar no "padrão", não perceber sua beleza, por mais bela que seja, simplesmente por que não é louvada. Que esta realidade mude, vem mudando. Fico feliz quando vejo atrizes negras surgindo, papéis não apenas clichés. Mulheres e homens lindos, infelizmente ainda poucos. 






[suzana.JPG]
Lily
http://contosdelily.blogspot.com/

Eu não sou negra. Sou branca. Mas vi predileção, quando bem criança, das professoras pelas meninas loiras de cabelos lisos. Lembro-me da minha tristeza, do sentimento de ser desprezada.
Mas eu aprendi a caçar coisas e me olhei nos espelhos, atrás de belezas até encontrá-las. Eu as encontrei para mim, os meus laços de fita. Guardo-os comigo e acho graça quando alguém diz que sou muito bonita.





[DSC01895.JPG]
 Ana Kalil
http://analuizakalil.blogspot.com/








Que esta menina linda que vc descreveu sempre tenha orgulho de sua cor, e nunca mais se sinta ou deixe que os outros a subestimem.










[MARCIA.jpg]
Márcia Serantehttp://marciaserante.blogspot.com/


Meus olhos marejaram, pois, na verdade presencio varias situações parecidas.Negros, amarelos, deficientes, gordos, magros, enfim, aqueles que são tratadas como pessoas de uma subcategoria, participantes de um mundo onde há nuvens cor de rosa, com espaço apenas para poucos.Mas, em nosso mundo há espaço para todas as cores. E em meu coração principalmente, lugar para os excluidos.







[cORTADo.jpg]
Silvio Afonso
http://palhacopoeta.blogspot.com/
Elas corriam, pulavam e sorriam como todas as crianças. Eram filhas de gente de qualquer raça,qualquer credo e qualquer profissão. Brincavam como que fossem irmãs siamesas, sem cobrança, sem diferença. Que bom seria se elas não crescessem ou, se crescessem, que não descobrissem, no outro, a cor diferente da pele, o tamanho do salário com os seus bens e mordomias, se tivesse. Que o respeito e a igualdade imperassem como elo entre o pobre e o abastado, entre os homens e as mulheres, como fazem as crianças que ora correm, riem, sem vergonha e sem mentira.

 
[037.JPG]
Farank
http://francksantos.blogspot.com/
Que essa menina, hoje, mulher, tenha a consciência de sua negritude, sempre!



[cam+052.jpg]
Shuzy
http://shuzybruxinha.blogspot.com/


A primeira impressão foi triste... Mas, tinha que ler de novo! Que bonita lição esse teu escrito. A nos ver como somos, no melhor que temos a oferecer.






   
É tão bom quando a beleza transcende a cor...
Quando a alma descobre a sua cor ninguém se atreve a nos pintar da cor que não seja a  escolhida por nós.
Eu acredito que um dia o homem civilizado estará para ver em outro homem, apenas "os olhos"!



[fire%20woman.jpg]
Laura
http://cronicasdevaneios.blogspot.com/



Cada um tem sua beleza. Independente de cor, raça ou credo.


* Sou Marisa Mattos,professora,atuando há 9 anos como Coordenadora Pedagógica na Rede Municipal de Ensino de Araçatuba.Blogueira,pescadora que só conta a verdade...rs...feminina,tia corujíssima e apaixonada pela EDUCAÇÃO.

12 comentários:

Convidado disse...

Marisa,


Eu acredito que um dia o homem civilizado estará para ver em outro homem, apenas "os olhos"!

Um abraço, Marluce

Franck disse...

Obg pela homenagem e quero deixar tbém minha homenagem a vc! Que num futuro próximo, dias como esses, da consciência negra, seja uma data no calendário, apenas!
Bjs*

Shuzy disse...

Que honra Marisa! Fiquei surpresa e muito feliz com essa homenagem. Muito obrigada!

Tati Pastorello disse...

Oi Marisa, eu tinha lido o conto, mas não consegui comentar. Saí pensando, um tanto doída de imaginar esta realidade, que é bem diferente da que eu tive a sorte de experimentar. Deve ser difícil não se enxergar no "padrão", não perceber sua beleza, por mais bela que seja, simplesmente por que não é louvada. Que esta realidade mude, vem mudando. Fico feliz quando vejo atrizes negras surgindo, papéis não apenas clichés. Mulheres e homens lindos, infelizmente ainda poucos. Foi um texto brilhante mesmo.
Beijos.

Ana Kalil disse...

Lindo querida Marisa!
Obrigada por me incluir entre os depoimentos!
E saiba que o seus escritos realmente causaram repercussão. Mostrei para minha mãe e amigas. Tenho uma amiga negra que se emocionou...
Continue escrevendo e divulgando toda a sua beleza!

Beijos carinhosos
Ana

Silene Neves disse...

Oi Marisa!

Existem situações que nos fazem pensar muito. Quando visitei seu blog pela primeira vez foi essa postagem que estava publicada. Eu não sou muito boa em expressar sentimentos que me doem... me calo! Não sai nada... mesmo que eu queira!

Meu marido é negro, eu sou branca, e nossos filhos(4) vieram todos mulatos. Já fui denominada de empregada por professoras e por outras pessoas pela diferença da cor da pele. Quando saimos todos juntos... vejo os olhares das pessoas não sei se admiradas ou decepcionadas em verem uma família como a minha!

Enfim... não consigo mesmo entender como existem pessoas que ainda definem as outras pela cor da pele e por outros padrões. Como se amor, respeito, amizade, verdade, saúde, fé, dignidade e paz também tivessem cor para se escolher ou definir.

Beijo Querida Amiga!
Tenha um lindo fim de semana e dias de muita luz!

Beijo com carinho
Sil
Sempre aqui

Silene Neves disse...

Marisa Querida!

Obrigado pelo carinho e atenção! Não era minha pretensão... mas fico feliz demais de estar incluída nessa "turma" dez!rs

Grata Querida Amiga! E vamos todos juntos nessa marcha silenciosa e pacífica... semeando e construindo um mundo de paz e livre de preconceitos!

Linda noite de poesia, amizade e liberdade!

Beijo com carinho
Sil
Sempre aqui

Tatiana Pastorello disse...

Obrigada querida, fiquei honrada!
Um grande beijo.

César disse...

Olá

"feminina,tia corujíssima e....com um cabelo lindo demais..."
Parabéns por tuas palavras.
Abraços.

Lily disse...

Querida,

Estou passando rapidinho, vim para dizer que fiquei muito honrada com a homenagem. Muito obrigada!

Volto amanhã, com calma, para escrever.

Beijos!

Suzana/LILY

Lily disse...

Querida,

Ontem, passei aqui, fiz um longo comentário, mas acabei batendo o dedo em alguma tecla e perdi tudo. Estava cansada, deixei para escrever novamente, hoje.

Costumamos dizer que no Brasil não há preconceitos, creio que um hábito hipócrita nosso. Sei que onde vivo, nos EUA, tempos atrás, o racismo era forte, cruel. Havia bebedouros públicos para os negros e outros, melhores, para os brancos. Houve muita crueldade, mas acabou. Hoje, o que vejo são negros e brancos dirigindo carros caros ou não, trabalhando em altos cargos ou não, usando roupas caras ou não, sem distinção de cor. Os brasileiros precisam acabar com o não preconceito entre aspas, com falsas verdades, com a mediocridade de explicar certas diferenças no país como decorrência de nossa colonização. Os séculos passam e justificam tudo como se nada passasse, nada acontecesse.

Bom, esta é a minha opinião, é o que penso quando vejo os negros daqui e penso nos negros daí.

Beijos, boa semana!

Anônimo disse...

Hey really nice website, I noticed your website when doing study on some methods to develop my web log. I was simply inquiring which spam software system you use for comments as I get tons on my site.

thanxxx
single mother grants