8 de fev de 2013

Quem sou?

A verdade é que tem momentos que me perco e me some o chão....
Fora do meu corpo flutuo e me vejo embasbacada, sem ação... impotente...
Perplexa quero saber quem sou, se vim, se vou, se sou, se estou...
Insisto em ouvir respostas que não tenho..que não tenho...que não tenho...
Solidão...


"Marisa Mattos"

3 comentários:

Rita de Cássia Zuim Lavoyer disse...

Vá se perguntando que ela chega, a resposta!

Marisa Mattos disse...

Talvez se a encontre não a precise...sei não...que dúvida Rita....que dúvida.

anita sereno disse...

oi linda amiga obrigada pela sua visita e palavras de carinho
poema lindo mas muito triste
muitas vezes me deparo com essa solidão com respostas que não obtenho mas e sinto um vazio enorme em mim.. amiga se encontre e não se deixe abater por este seu sentir boa semana beijos